ContoNosso

Aqui é um espaço promocional para interagirmos. Eu escrevo um Conto com três finais para você votar em um. Se acertar o final verdadeiro do Conto, você estará automaticamente concorrendo a um Pendrive de 2GB zerinho. Ah! Acha que não tem sorte com votação ou não gostou de nenhum dos finais? Então escreva o seu (use o espaço dos comentários e no máximo 10 linhas) e olha só que legal, se nós gostarmos do seu final, pode ganhar o livro A Escolhida de Omar Ramos. Muito legal! Então capricha! Vamos lá?

Conto: A Chave
- Já falei Augusto, não adianta, perdi a chave na festa, ela vai me matar...
- Cara e agora? Como vai entrar em casa sem sua mulher saber?
- Não sei, me ajuda! Dá uma ideia ao menos.
Dois amigos discutiam na madrugada de sábado para domingo, pareciam muito preocupados, 4 da manhã e eles ainda não tinha achado uma maneira de resolver o problema da chave perdida. Foi quando Augusto - depois de queimar muito fosfato - teve a "brilhante" ideia de simular um assalto.
- Então? É ou não uma boa ideia? - falava já querendo aprovação.
- Não sei Augusto, Carla é muito esperta, vai sacar na lata.
- Não vai não. Olhe, no meu carro tem um pé-de-cabra e uma máscara de esqui, fingimos que você chegou na hora e me pegou no flagra tentando arrombar a porta, brigamos de mentirinha e você perde a chave.
- Será? - perguntava receoso José Neto. - Claro que dá certo Zé e você ainda sai como herói!
- Então tá, vamos...

Final 1: Augusto arromba a porta e sai um negão de um metro e oitenta da casa e arrebenta com ele. José Neto corre e deixa o amigo apanhando.
Final 2: José Neto chega e completa o plano ao ver o amigo arrombar a porta, brigam, rolam no chão, mas a esposa com medo de passar a noite sozinha, vai dormir na casa da mãe. A polícia passa perto e prende os dois.
Final 3: Quando Augusto faz gesto para colocar o pé-de-cabra a esposa de José Neto abre a porta e o vê de máscara agachado, ela grita alto ao mesmo tempo que lhe dá um chute na cara, fecha a porta e liga para a polícia. No mesmo instante José Neto finge uma luta e a chama, o amigo vai embora de carro e Carla abre a porta para o marido depois que esse a chama. José Neto diz que perdeu a chave durante briga, ela acredita.
Final 4: (Escreva nos comentários o seu final, boa sorte).

Atenção: essa promoção só é válida para quem é seguidor deste blog e do blog Segredos que Ferem de Márcia Paiva. Se você for optar só pelo sorteio e votar, post nos comentários o nº do final que votou e o motivo do voto. Essa promoção é válida para comentários postados até o dia 30/04/2011. Obrigado e boa sorte.

35 comentários:

  1. Venilton, meu amigo, que ideia ótima!

    Eu aposto no Final 2!

    Mas queria bolar um final também. Pensando aqui. ^^!

    ResponderExcluir
  2. Eu fico com o final 3.
    Não sou tão criativa para tentar um final 4.

    ResponderExcluir
  3. boa venilton ... eu acho o final 3 o melhor ...abraços

    ResponderExcluir
  4. Gostei do final 2! Muito bom o conto!! Abraço!!

    ResponderExcluir
  5. flw galera! boa promoção, quero o pendrive, hehehe, gostei do final 3 também, mas votei no 2, aff, errei aqui dá zero pra mim.
    Final 4: - Nossa! O que é isso Augusto? - Meus Deus! Um terremoto! A casa da Carla caiu, ela não morreu porque estava no clube das mulheres em outra cidade. Se não tem casa? Para quê a chave? Os dois amigos voltaram pra bebedeira. (Fim).

    ResponderExcluir
  6. O final 2 é o justo e merecido rs.

    ResponderExcluir
  7. Uhmm interessante... Conhecendo o autor, acredito q seria o final 2 o mais provável para esta historia. Mas também arrisco um final 4:

    "José Neto, com muito receio, tem outra idéia.
    - Augusto, ela não vai acreditar. Tenho uma idéia mais simples e também muito funcional.
    - Descosture seu bolso e vá com meu carro. Quando abrir a porta, diga que seu bolso furou e que perdeu a chave ao me ajudar, pois não me sentia bem. E como foi me ajudou, pedi que fosse com meu carro. Amanhã confirmo a história. - Carla perdoa o marido, mas passa a desconfiar do marido desde então".

    É isso ae.. espero que goste! :P
    P.S.: Eu escrevi 10 linhas. se aparecer mais foi erro de formatação do blog. ;)

    ResponderExcluir
  8. Final 4
    No exato momento em que Augusto começa a arrombar a porta, José que estava se escondendo atras de um arbusto cai em uma pilha de latas, fazendo o maior barulho e chamando a atenção do vizinho que sai armado e atirando para todos os lados. A bagunça acorda a esposa que ao abrir a porta fica perplexa ao ver um mascarado agarrado ao seu marido que esta todo sujo de tinta e o vizinho ameaçando chamar a policia.

    ResponderExcluir
  9. criei o meu final, mas tabem quero deixar um palpite no final 2.

    ResponderExcluir
  10. Final #4

    Quando Augusto levanta o pé-de-cabra para arrombar a porta, a mulher de José que estava vendo da janela todo o plano do marido abre a porta de uma vez jogando um balde de agua fria em Augusto e olhando para José que já estava de olhos arregalados diz sorrindo: -"Amor, perdeu as chaves de novo?" E se vira olhando para uma caixinha em cima da mesinha da sala e pensa:- "Nada que um calmante não resolva."

    ResponderExcluir
  11. Olá Venilton, espero vc lá no meu cantinho.
    Adorei o seu já estou te seguindo.
    E gostei do final 3. Acho que é o que eu faria rs!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  12. Olá... =)

    Meu voto vai para o FINAL 2!!!!

    =)

    seg: Rah
    ravigilato@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  13. Meu final

    Augusto e Neto chegam à casa e tentam arrombar a porta,mas a porta esta apenas encostada com alguns móveis.Neto pede para Augusto ir embora porque viu Carla afastando os móveis para ele entrar.Jose Neto questiona a esposa sobre o ocorrido e ela diz que um ladrão tentou arrombar a porta mais cedo e ela chamou a polícia.Carla, ainda nervosa pela tentativa de assalto, briga porque neto chegou tarde e coloca ele pra dormir no sofá.

    ResponderExcluir
  14. Final 2

    Um plano tão "brilhante" assim, só poderia acabar nisso!

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Voto no final 2, mais engraçado e mais perto da realidade também :D

    Babih
    http://babihgois.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Bom, já que só votaram no 2 e no 3... eu voto no final 1!
    Meio cheio de coincidência com um ladrão saindo da casa justamente naquela noite e tals, mas o fato do José Neto ser medroso o torna capaz de sair correndo e largando o amigo. Hehe

    Eu vou arriscar um final 4:

    Quando estavam prestes a pôr o plano em prática, os dois ouvem um barulho dentro da casa. Rapidamente eles se escondem entre os arbustos do jardim e esperam.
    Menos de um minuto depois a porta da sala se abre, revelando Carla e o vizinho, Pedro, ambos parecendo muito satisfeitos.
    - Vai logo que daqui a pouco o Zé chega - diz Carla dando um beijo em Pedro - eu tenho que parecer brava quando ele chega tarde. Vai, vai!

    ResponderExcluir
  19. Final 2: José Neto chega e completa o plano ao ver o amigo arrombar a porta, brigam, rolam no chão, mas a esposa com medo de passar a noite sozinha, vai dormir na casa da mãe. A polícia passa perto e prende os dois.

    Ou: Minutos depois, a mulher chega e assisti ao episódio com muita descrição:
    - mas o que está acontecendo aqui, parem com esse teatrinho, que estou muito cansada e quero dormir - disse a mulher de augusto, pois sabia todas as artimanhas do marido - não vai me dizer que você aprontou alguma coisa augusto?
    - eu te disse que não ia dar certo zé - disse augusto receoso.
    - ok, eu perdi a chave!
    Momentos depois Augusto levanta os olhos e se depara vendo a mulher, percebeu que estava deitado numa maca, depois de tanto apanhar da mulher. O amigo que estava do lado, como um um fiel escudeiro disse:
    - eu tentei te proteger, mas ela mais forte que eu!

    ResponderExcluir
  20. Final 2! LOL

    me parece bastante sensato e justo para os trapalhões da estória, rs.

    ResponderExcluir
  21. olha a pessoa que ganhou o pen drive pode ganhar o livro nao eh justo que ela leva dois premios isso eh injusto para os outros que participaram

    ResponderExcluir
  22. Não houve injustiça jimcrarey todos estavam com as mesmas chances de ganhar, ou seja, todos podiam optar pelo final certo assim como escrever um quarto final. Pena que nem todo mundo quis escrever seu final. Um grande abraço.

    ResponderExcluir